Sou um parágrafo. Clique aqui para adicionar e editar seu próprio texto. É fácil.

Como funcionam os projetos?

Após os primeiros contatos, combinamos uma entrevista para entender todas as suas necessidades, gostos, preferências e problemas a serem resolvidos.  Então o orçamento é dado de acordo com a quantidade de projeto envolvido (marcenaria, gesso, iluminação, escolha de móveis e decoração etc.) e de deslocamentos presumidos para idas em lojas.

Qualquer projeto contratado inclui, sem valor adicional: 
•    Entrevistas com o cliente, sendo cobrado apenas despesa de viajem intermunicipal, se for o caso; 
•    Simulação eletrônica (maquete eletrônica 3D) do(s) ambiente(s) projetado(s); 
•    Até duas alterações completas do projeto inicial apresentado; 
•    Indicação de lojas e de profissionais para execução dos serviços relacionados ao projeto contratado. 


Prazos:


Um projeto de apartamento completo dura cerca de 01 mês de dedicação exclusiva para ficar pronto. Entretanto, o escritório tem sempre projetos em andamento que serão priorizados devido à ordem de chegada. Além disso, caso o cliente queira alterações no projeto inicialmente apresentado, será acrescentado prazo adicional a depender da quantidade de alterações a serem feitas. Por isso, recomendamos procurar-nos com uma antecedência de mínima 02 a 03 meses da data de execução pretendida para o projeto.


Orçamento:

Fique à vontade para entrar em contato!
 

Forma de pagamento:
 
Aceitamos cartão de débito, crédito e parcelamento por meio de cheques pré-datados. Deixamos o cliente bem à vontade para escolher sua forma de pagamento, para que seu sonho não seja adiado.

Sobre taxas e comissões por indicação ou outras:

 

ATENÇÃO: Não cobramos taxas por indicação aos profissionais ou lojas indicados (chamadas RT's).

Para o correto exercício da ética profissional de designer de interiores ou arquiteto, não devem ser cobradas R.T.’s (comissões) junto às lojas ou aos profissionais prestadores de serviços indicados. Porém, infelizmente, essa prática é corrente no mercado e portanto muitas lojas/profissionais já incorporam essas comissões ao preço, onerando o cliente para pagamento indireto do profissional que os indica.

Como essa prática é anti-ética, pedimos às lojas que essa comissão seja convertida em desconto em favor do cliente. E a contratação de profissionais é de livre escolha do cliente e desonerada por parte desta profissional designer de interiores, Érica Marina. Em resumo, todos os honorários a serem recebidos como resultado do exercício profissional, sem exceção, serão recebidos de forma direta - única e exclusivamente conforme estipulado nos orçamentos fornecidos ao cliente e replicados em contrato.